Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009

E eu pergunto-me, como é que esta injustiça pode continuar?

"A Prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi foi condenada a ano e meio de prisão domiciliária pela Junta Militar de Myanmar. O veredicto foi repudiado pela comunidade internacional e debatido no Conselho de Segurança da ONU.

 

A líder da Oposição e prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi foi ontem condenada a três anos de prisão e trabalhos forçados por um tribunal de Mianmar, pena posteriormente reduzida para 18 meses de prisão domiciliar pela Junta Militar que governa a antiga Birmânia. Não obstante a deferência - devida, segundo os analistas, ao temor do Executivo de Rangun, que já está sujeito a sanções por vários países, de ser objecto de represálias -, a sentença foi já amplamente condenada pela comunidade internacional e suscitou uma reunião extraordinária, à porta fechada, dos 15 membros do Conselho de Segurança da ONU para debater a questão.

 

Suu Kyi, de 64 anos, foi considerada culpada de ter transgredido as regras da sua prisão domiciliária pelo estranho incidente ocorrido em Maio, quando recebeu em casa um mórmon norte-americano, John Yettaw, que chegou a nado à sua residência, situada na margem de um lago, tendo ali ficado dois dias, segundo as autoridades. Yettaw terá tentado alertar a prisioneira de que seria alvo de um plano de homicídio.

O general Maung Oo, ministro do Interior, anunciou depois que o líder da Junta Militar que governa Myanmar desde 1992, Than Swee, comutou a sentença para mais 18 meses em prisão domiciliária, pena que poderá ser encurtada caso Suu Kyi tenha "bom comportamento". O veredicto, que acrescenta 18 meses de cárcere aos 14 anos que Suu Kyi já cumpriu, foi considerado uma "farsa política e judicial" por várias organizações não-governamentais de Direitos Humanos.

 

Caso não seja objecto de clemência, a líder da Liga Nacional pela Democracia (LND), que venceu as legislativas de 1990, tornando-se num ícone universal da resistência à ditadura (ver perfil), não poderá concorrer às eleições nacionais de 2010 convocadas pela Junta Militar.O outro réu, Yettaw, foi condenado a sete anos de prisão e trabalhos forçados: três por infringir as leis de segurança, mais três por violar as leis de imigração e um ano por ter nadado ilegalmente num lago municipal de Yangun."

 

Como é que os justos podem ser tão injustiçados?

 

Mad world

Tags:
Publicado por Maggie In Wonderland às 01:06
Link do post | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

¨Maggie...who are you?

¨Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

¨Tags

¨ todas as tags

¨Posts Recentes

¨ Este blogue foi de férias...

¨ <3

¨ ...

¨ ...

¨ ...

¨ ...

¨ A mãezinha faz bolinhos.....

¨ Porque eu vou ser sempre ...

¨ ...

¨ ...

¨O que já foi...

¨ Agosto 2012

¨ Abril 2012

¨ Fevereiro 2012

¨ Janeiro 2012

¨ Dezembro 2011

¨ Novembro 2011

¨ Outubro 2011

¨ Setembro 2011

¨ Agosto 2011

¨ Maio 2011

¨ Abril 2011

¨ Março 2011

¨ Fevereiro 2011

¨ Janeiro 2011

¨ Dezembro 2010

¨ Novembro 2010

¨ Outubro 2010

¨ Setembro 2010

¨ Agosto 2010

¨ Julho 2010

¨ Junho 2010

¨ Maio 2010

¨ Abril 2010

¨ Março 2010

¨ Fevereiro 2010

¨ Janeiro 2010

¨ Dezembro 2009

¨ Novembro 2009

¨ Outubro 2009

¨ Setembro 2009

¨ Agosto 2009

¨ Julho 2009

¨ Junho 2009

¨ Maio 2009

¨ Abril 2009

¨ Março 2009

¨ Fevereiro 2009

¨ Janeiro 2009

¨ Dezembro 2008

¨ Novembro 2008

¨ Outubro 2008

¨ Setembro 2008

¨ Agosto 2008

¨ Julho 2008

¨ Junho 2008

¨ Maio 2008

¨ Abril 2008

¨ Março 2008

¨ Fevereiro 2008

¨ Janeiro 2008

¨ Dezembro 2007

¨ Novembro 2007

¨ Outubro 2007

¨ Setembro 2007

¨ Agosto 2007

¨Links

¨Pesquisar neste blog

 
blogs SAPO

¨subscrever feeds